5 coisas que provavelmente desconhece sobre a pasta de dentes

Escova dos dentes com pasta dentrífica

Parte integrante da rotina de higiene oral, a pasta de dentes é um produto que, mesmo sendo indispensável no dia-a-dia, apresenta diversas curiosidades que provavelmente desconhece… por isso, fique a conhecer a sua pasta de dentes um pouco melhor!

  1. Quais os ingredientes de uma pasta de dentes? Provavelmente nunca despendeu muito tempo na leitura do rótulo de uma embalagem de pasta de dentes e se já o fez, o mais certo é não associar os nomes técnicos dos ingredientes constantes no mesmo àquilo que realmente representam. Para esclarecer todas e quaisquer dúvidas, a maioria das pastas de dentes é composta por coloides de algas marinhas, coloides de minerais e gomas naturais. A espuma criada pela pasta de dentes uma vez em contacto com a água deve-se à existência de lauril sulfato de sódio que, embora seja um detergente muito utilizado em champôs e géis de banho, é 100% seguro para a higiene oral. Sabe qual o ingrediente que não pode mesmo faltar numa pasta de dentes? Flúor!
  2. Pasta de dentes tradicional vs. gel. Para além da sua textura, cor e sabor, não há diferença nenhuma entre a pasta de dentes tradicional e a pasta de dentes em formato de gel. No fundo, tudo depende da preferência pessoal: há quem prefira a pasta de dentes tradicional, há quem prefira a pasta de dentes em gel – o importante é mesmo usá-la para lavar corretamente os dentes pelo menos duas vezes ao dia!
  3. Menos é definitivamente mais. No que toca à quantidade de pasta de dentes que coloca na escova, fique a saber que uma grande quantidade de pasta de dentes não significa que os dentes vão ficar mais bem lavados, mais brilhantes ou mais brancos – consegue exatamente o mesmo efeito com menos quantidade. Por isso, não desperdice a pasta de dentes: coloque sobre a escova de dentes o suficiente para se assemelhar a uma ervilha. Não precisa de mais!
  4. A pasta de dentes branqueadora funciona mesmo. Se pretende branquear os dentes mas tem dúvidas relativamente à eficácia de uma pasta de dentes branqueadora, pode finalmente adquiri-la! Apesar de uma pasta de dentes branqueadora não conseguir o efeito imediato e dramático que um tratamento branqueador consegue (este contém peróxido), as pastas de dentes branqueadoras contêm abrasivos próprios para o efeito e conseguem branquear os dentes pelo menos até uma tonalidade mais clara.
  5. Marca branca ou marca reconhecida? Em matéria de pasta de dentes, a poupança não deve ser a prioridade, por isso, se puder, escolha sempre uma marca reconhecida de pasta de dentes em detrimento de uma marca branca. Embora possam conter flúor, as marcas brancas podem não ser tão eficazes, seguras e ser fruto de toda a pesquisa científica que é uma vertente imprescindível nas grandes marcas. Se quiser realmente uma alternativa às marcas reconhecidas, a melhor será as pastas de dentes orgânicas, cuja eficácia já foi comprovada. Escolha uma pasta de dentes com selo de qualidade aprovado – a sua saúde oral agradece!
A sua votação: 
Average: 3.3 (3 votos)