Como branquear os dentes

Dentes amarelos e manchados são inimigos de um sorriso brilhante e saudável. O branqueamento dentário pode ser a solução ideal para voltar a exibir, com confiança dentes brancos e bonitos. Existem vários tipos de branqueamento de dentes – descubra o ideal para si.

Branqueamento de dentes: o que é?

O branqueamento de dentes é uma técnica dentária que permite a remoção de manchas e/ou a atenuação das pigmentações dos dentes, transformando dentes amarelos em dentes brancos e brilhantes. A obtenção de dentes mais brancos é conseguida através de um processo de descoramento, onde é utilizado um gel de branqueamento, composto maioritariamente por peróxido. Quanto mais elevada a concentração de peróxido, mais forte é o processo de descoramento e mais visíveis serão os resultados finais. Existem várias formas de branquear os dentes, sendo que a escolha ou recai sobre um branqueamento profissional realizado no consultório dentário ou sobre um kit de branqueamento caseiro.

Métodos de branqueamento mais populares

Branqueamento profissional no consultório dentário

Por norma, o branqueamento de dentes é precedido por uma limpeza oral genérica, de forma a remover toda a placa bacteriana. O processo de branqueamento de dentes começa com a protecção das gengivas, seguida da aplicação cuidadosa do gel branqueador directamente nos dentes. Esta substância é depois activada através de uma luz LED, uma luz halogénea ou um laser. O procedimento demora cerca de 60 minutos e, embora uma sessão possa ser o suficiente para algumas pessoas, outras poderão necessitar de sessões adicionais para completar o branqueamento de dentes. Como cada caso é um caso, existem ainda situações em que a pessoa completa o branqueamento em casa, através de um molde dentário personalizado, feito pelo médico dentista, que é preenchido com um gel branqueador mais suave do que aquele utilizado no consultório. Este método assegura resultados imediatos, que podem resistir durante um ano ou mais.

Preço: €300-€700

Kit de branqueamento caseiro

Este tipo de kits tanto podem ser adquiridos em consultórios dentários, como em farmácias – a diferença reside na sua eficácia e, consequentemente, no seu preço. Os kits de branqueamento de dentes são compostos por um molde ou moldeira, que se enche com o gel branqueador acompanhante (cuja composição contém peróxido), antes de este ser encaixado nos dentes durante algumas horas ou até mesmo durante a noite. Para resultados visíveis, o tratamento terá de ser feito entre 2 a 4 semanas e o branqueamento mantém-se evidente durante diversos meses.

Preço consultório: €200-€300

Preço farmácia: €25-€50

Tiras/canetas branqueadoras

Existem um sem número de tiras, canetas e sticks branqueadores disponíveis no mercado e que permitem uma aplicação rápida e prática, em casa, de um gel branqueador directamente sobre os dentes. Estes produtos normalmente contêm algum peróxido, o que torna a sua acção visível após uma aplicação duas vezes por dia, durante 15-30 minutos, num período de pelo menos duas semanas. Os resultados são progressivos e podem durar vários meses.

Preço: €15-€25

Pasta de dentes/elixir branqueador

Uma das formas mais simples e económicas de conseguir dentes mais brancos é através da utilização de pasta de dentes e/ou elixir branqueador. Uma vez que este tipo de produtos de higiene oral não contém peróxido, o máximo que conseguem branquear os dentes é uma tonalidade mais clara – em comparação, um branqueamento de dentes profissional, num consultório dentário, consegue branquear os dentes entre três e oito tonalidades mais claras. No entanto, este tipo de produtos são recomendados para fases em que os dentes se apresentam mais amarelos ou então para ajudar na manutenção de um branqueamento de dentes já feito.

Preço: €3-€5

Cuidados a ter

Quem fizer um branqueamento de dentes pode sentir alguma sensibilidade durante o decorrer do tratamento, assim como nos dias seguintes, sendo normalmente passageira, nomeadamente se se trata de um branqueamento profissional. No caso dos branqueamentos caseiros, o desconforto sentido pode ser diminuído de várias formas: fazer um intervalo de alguns dias entre cada aplicação; em vez de fazer uma sessão de 60 minutos com o molde posto, fazer duas sessões de 30 minutos; utilizar uma pasta dentífrica para dentes sensíveis. Em último recurso, fale com o seu dentista. Durante um tratamento para branquear os dentes, o tabaco deve ser evitado, assim como as bebidas com gás e todo o tipo de líquidos e alimentos que possam manchar os dentes – nesta fase os dentes estão mais susceptíveis às manchas.

Quem pode fazer?

Em geral, qualquer pessoa pode fazer um branqueamento de dentes, tirando as seguintes excepções: menores com menos de 16 anos, mulheres grávidas ou que estejam a amamentar, doentes cardíacos ou diabéticos, pessoas com sensibilidade ou alergias dentárias, pessoas com cáries, defeitos no esmalte dos dentes, que tenham sofrido grandes restaurações dentárias ou que têm doenças periodontais por tratar ou em tratamento.

A sua votação: 
Average: 3.6 (5 votos)