Como manter uma boa higiene oral

A higiene oral é muito importante e, quando não é realizada da melhor forma, pode causar vários problemas e incómodos. Muitas pessoas erram no momento de tratar da higiene da boca por não estarem atentas a dicas muito simples para ter sempre dentes impecáveis, um hálito fresco e um sorriso saudável. Saiba como manter uma boa higiene oral e proteja a saúde dos seus dentes e do seu sorriso.

Escovar os dentes

Esta é a dica mais simples, mais óbvia e também a mais esquecida. Muitas pessoas acreditam que uma só lavagem é suficiente ou que devem lavar só no final das principais refeições. A verdade é que nem sempre é assim. Por exemplo, devem lavar-se os dentes depois de jantar, mas se se trata de uma pessoa com o hábito de comer mais qualquer coisa antes de se deitar, tem que lavar os dentes depois deste pequeno snack. A lavagem mais importante é precisamente aquela que é feita antes de dormir, pois nas horas do sono, restos de comida dentro da boca vão ter efeitos muito nefastos nos dentes. 

Ter cuidados com a escova

Lavar os dentes muitas vezes ao dia mas com uma escova que já tem muitos anos, que já perdeu as suas propriedade e que já é um ninho de proliferação de bactérias, de pouco adianta ou pode ainda ser muito prejudicial. É importante ir mantendo cuidados com a escova, fazer trocas periódicas, assim que a atual evidencie os mínimos sinais de desgaste e mantê-la sempre em lugar seguro e livre de todas as estirpes que por aí andam.

Não esquecer a língua

Escovar os dentes e esquecer a língua é um dos hábitos mais frequentes e mais errados de todas as pessoas. Os dentes podem ficar impecavelmente limpos, mas a língua vai, numa questão de segundos, voltar a enchê-los de micro-organismos que lá se encontram e que não foram retirados na lavagem. De nada adianta lavar os dentes e não ter um mínimo de cuidado com a língua, pois a lavagem não terá nem metade da sua eficácia.

Usar fio dental

Muitas vezes as pessoas escovam superficialmente os dentes e ignoram determinados resíduos que ficam alojados entre dentes e que, se não estiverem a incomodar, acabam por nem ser notados. Estes resíduos podem ficar alojados durante muito tempo e ter consequências muito nocivas, o que justifica a importância de utilizar o fio dental, pelo menos uma vez ao dia, de forma a eliminar todas estas partículas.

Ter uma alimentação cuidada

Os alimentos também influenciam a higiene oral, pelo que se deve sempre manter uma alimentação equilibrada e saudável, de forma a ter, igualmente, dentes saudáveis. Uma dieta rica em açúcares vai danificar os dentes com mais facilidade e rapidez, propiciando o aparecimento de cáries e outros problemas. O facto de se comer várias vezes entre as refeições também complica toda a higiene, devendo estabelecer-se regras e ingerir alimentos nas horas certas.

Estar sempre preparado

Se não se estava a contar encontrar aquela pessoa na rua que nos convidou para lanchar e, de repente, nos vemos a braços com uma refeição inesperada, devemos sempre ter connosco um kit de limpeza dentária. Porque o ritmo de vida é cada vez mais stressante e acelerado e nem sempre se tem tempo para tudo, é importante levar a higiene oral para todo o lado.

Consultar o dentista

Ir frequentemente ao dentista promove uma excelente higiene oral e evita a propagação de vários problemas. O medo ou a ansiedade podem ser normais, mas têm que ser combatidos, pois só um profissional pode aconselhar concretamente a pessoa e indicar-lhe o melhor, uma vez que aquilo que faz bem a uma pessoa pode não fazer tão bem a outra. Consultas periódicas no dentista são imprescindíveis e meio caminho andando para uma higiene oral de fazer inveja!

A sua votação: 
Average: 5 (1 voto)